Entrevista André Fusco: Primeiro, não prejudicar (Primum non nocere)!

Entrevista André Fusco: Primeiro, não prejudicar (Primum non...

Arquitetos da Saúde

Share:
Nesta entrevista, o médico do trabalho, André Fusco, aborda questões como o porquê das pessoas ainda adoecerem em suas relações com o trabalho, a importância do reconhecimento, engajamento, propósito, motivação e estímulo e também sobre a adaptação das empresas às pessoas. Será que o trabalho define tanto do que somos e de onde estamos?
Nesta entrevista, o médico do trabalho, André Fusco, aborda questões como o porquê das pessoas ainda adoecerem em suas relações com o trabalho, a importância do reconhecimento, engajamento, propósito, motivação e estímulo e também sobre a adaptação das empresas às pessoas. Será que o trabalho define tanto do que somos e de onde estamos?